Blog

Gestão de medicamentos: 5 passos

RV Ímola 18/06/2019
0 Comentários

Gestão de medicamentos traz processos mais práticos para uma empresa.

Todo medicamento e insumo destinado aos hospitais e farmácias têm controle de qualidade da fábrica. No entanto, sem uma gestão de medicamentos eficiente, ao sair do distribuidor, esses produtos podem sofrer alguns danos que comprometem a sua integridade e, por consequência, tornam-se ineficientes para uso comercial.

É para a efetivação desse controle que vemos a vantagem e a importância da terceirização. Entenderemos um pouco mais os passos fundamentais para o controle eficiente de medicamentos e insumos médicos na sua gestão de logística hospitalar:

1- Armazenagem de produtos dentro do previsto pela Anvisa

Como falamos aqui, existem regras da Anvisa para abastecimento e sistema de logística. Por exemplo, o transporte refrigerado deve ser feito em veículos com baús isotérmicos e com temperaturas variando de 2 a 8 graus. Isso é previsto para não comprometer os componentes dos medicamentos, já que temperaturas elevadas ou fora desse padrão podem danificar o produto.

A terceirização da armazenagem, com empresas de transporte de medicamentos consiste em:

  • Receber os produtos do ponto de distribuição;
  • Conferir adequadamente cada um deles, verificando se não há danos físicos ou de qualidade (fora da validade, por exemplo);
  • Etiquetar de acordo com estatística do cliente (setor, tipo de produto, vencimento, etc.);
  • Realizar o estoque para o transporte adequadamente.

Para isso, é utilizado um sistema de logística e gerenciamento de armazenagem. A empresa responsável faz todo o acompanhamento, de forma que não haja pedidos fora do programado e, consequentemente, extravios.

2- Distribuição planejada e inteligente

Juntamente com a armazenagem dos produtos bem elaborada, a terceirizada faz a gestão de medicamentos, de forma que a distribuição ocorra de maneira assertiva. A previsibilidade é uma das grandes vantagens nesse caso. Como a empresa parceira ficará responsável por todo o planejamento de medicamentos e insumos, nenhuma distribuição acontecerá de maneira aleatória ou sem necessidade.

Nesse caso, também serão utilizados sistemas de acompanhamento para que a gestão de medicamentos e insumos não falhe.

3- Automação

Diante do desafio em administrar grandes volumes de medicamentos, a automação ajuda a diminuir despesas farmacêuticas com significativa redução de perdas por falhas, extravios ou validade. A substituição de procedimentos realizados manualmente por sistemas automatizados gera um impacto significante na gestão de medicamentos.

4- Rastreabilidade

O rastreamento dos insumos torna possível o monitoramento desde a origem até sua administração com o apoio de tecnologias e inovações a fim de assegurar um fluxo assertivo para a sua gestão logística.

5- Estoque e armazenagem

Muitas instituições têm dificuldades em obter informações precisas sobre seus estoques. Com a aplicação da automação, este controle é otimizado e, dependendo do nível empregado, é possível obter inventários em tempo real. A gestão de medicamentos neste cenário agiliza as decisões estratégicas e emergenciais dos profissionais da saúde, permitindo que a demanda seja calculada com base em históricos precisos e em caráter preventivo.

Sabemos o quanto a logística hospitalar é ampla e exige experiência. É preciso saber tomar decisões positivas e, por essa razão, contratar parceiros especializados, garantindo benefícios substanciais para a instituição.

A RV Ímola é uma empresa de logística focada no transporte de medicamentos com gerenciamento de risco e outras soluções em logística hospitalar e farmacêutica. Podemos ser a parceria ideal para a sua instituição, trazendo sempre soluções práticas e modernas. Entre em contato e descubra mais dos nossos serviços.

Deixe uma resposta

Voltar