Blog

Gestão Hospitalar: Vantagens e Benefícios

RV Ímola 15/05/2017
0 Comentários

Gestão Hospitalar

 

A missão mais importante de um hospital é zelar pela saúde e pela vida. Mas assim como em qualquer empresa, o dia a dia dessas instituições acaba exigindo atenção com muitas atividades paralelas que fogem de sua principal função. A gestão de materiais é uma delas.

Em unidades de saúde, milhões em medicamentos e equipamentos médicos são movimentados, que, financeiramente, representam cerca de 20% de seu orçamento total. Ou seja, o mau gerenciamento do estoque pode causar um gasto desnecessário – de acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), os desperdícios correspondem entre 20% a 40% dos custos dos hospitais.

É por isso que a contratação de empresas especializadas em administração de materiais traz inúmeros benefícios. Confira 5 dicas que explicam as vantagens que a especialização logística pode oferecer aos hospitais:

 

1 – Concentrar-se no atendimento ao paciente

Ao delegar a função da logística para empresas profissionais, os hospitais podem concentrar esforços naquilo que é o seu “core”, que é cuidar da saúde. Para assegurar a excelência no serviço, a empresa conta com profissionais especializados (farmacêuticos e enfermeiras envolvidos na operação) e tecnologia de última geração.

 

2 – Economia na compra

O serviço logístico bem aplicado também evita desperdícios financeiros com compras desnecessárias ou perdas com medicamentos vencidos. Por meio da tecnologia, os hospitais são informados sobre os remédios em falta – e os que estão “sobrando” – para que comprem apenas aqueles que precisam. A organização logística também prioriza os remédios por ordem de validade, para evitar que ultrapassem o prazo armazenados em estoque.

 

3 – Controle contra desvios

Ao contratar os serviços de um operador logístico, os hospitais ganham um controle rígido da entrada e saída de remédios e equipamentos de materiais. Os sistemas integrados fornecem informações sobre todo o percurso dos medicamentos dentro do ambiente hospitalar, inclusive até a entrega ao paciente pacientes, chamado de logística “beira-leito”.

 

4 – Softwares seguros e eficientes

O dinamismo das unidades de saúde exige um controle rígido para a administração dos materiais, o que só é possível com uso da tecnologia. O desenvolvimento de softwares seguros e eficientes para atender às necessidades dos hospitais exige capital e conhecimento em logística, o que apenas uma empresa especializada no setor pode oferecer.

 

5 – Aumenta espaço para outros leitos

Operadores logísticos possuem grande área de armazenamento, cujo custo é dividido entre vários clientes. Os hospitais, não: precisam separar uma grande área interna para guardar o seu estoque, espaço este que poderia servir para a construção de novos leitos. Ao terceirizar a sua logística, os hospitais ganham uma grande área que antes seria usada para estocar materiais.

 

 

Voltar