Blog

Logística farmacêutica: desafios na terceirização

RV Ímola 11/12/2018
0 Comentários

Logística farmacêutica faz o controle eficiente de toda a distribuição de medicamentos, armazenamento e custos associados.

Percebemos um crescimento promissor da indústria farmacêutica no Brasil. De acordo com o Sindicato das indústrias farmacêuticas (Sindusfarma), somente em 2017, o setor faturou mais de R$ 57 bilhões. Parte desse lucro se dá por uma logística farmacêutica bem estruturada.

Aqui, buscamos listar alguns desafios comuns na terceirização do serviço. Com isso, é possível prevê-los também no seu planejamento e buscar as saídas mais eficientes:

Redução dos custos operacionais

Também de acordo com o Sindusfarma, 80% das farmácias brasileiras são de pequeno e médio porte. Essas empresas necessitam de entregas menores, que nem sempre são feitas em tempo hábil.

A logística na indústria farmacêutica não pode se mostrar resistente ao atendimento dessas empresas. Com isso, é importante reduzir um pouco mais os custos operacionais, mantendo a qualidade dos serviços para ter uma maior abrangência de atendimento.

A melhor solução para os sistemas de distribuição de medicamentos que atendem pequenas demandas é desenvolvendo soluções mais customizadas, possibilitando o atendimento de todos os seus clientes.

Aquisição de licenças e certificados

Assim como todo setor ligado à saúde, empresas de transporte de medicamentos precisam de licenças e certificados de funcionamento. A maioria deles é obtido junto à Anvisa. Como cliente, é preciso se certificar que o transporte de medicamentos refrigerados, por exemplo, é feito completamente dentro das normas da agência.

Empresas de distribuição de medicamentos precisam de pessoal capacitado para manipulação de insumos. É preciso ter uma maior flexibilidade e agilidade nos processos, assim como atenção quanto aos cuidados com assepsia individual e vestuário.

Otimização das operações

É importante observar que muitos problemas com logística farmacêutica estão relacionados ao atendimento.  Temos, muitas vezes, o transporte de medicamentos controlados feito sem nenhuma otimização. As exigências da Anvisa são deixadas de lado, resultando no extravio dos insumos durante o trajeto até o cliente.

Por isso, o transporte de Medicamentos precisa ser feito sempre com gerenciamento de risco, para evitar erros durante a operação e perda de produtos.

Está pensando em terceirizar sua logística farmacêutica? Conheça a RV Ímola.

Empresa de logística em São Paulo especializada em distribuição farmacêutica. Nossa frota conta com carros refrigerados e também realizamos a armazenagem e logística de seus insumos. Contamos também com uma equipe especializada, responsável por cuidar de todos os processos da melhor e mais ágil maneira. Para saber mais, entre em contato conosco.

Clique aqui e curta nossa página no Facebook.

Para mais notícias, clique aqui.

Deixe uma resposta

Voltar