Blog

Cadeia fria: como funciona?

RV Ímola 21/05/2019
0 Comentários

Cadeia fria se torna um serviço cada vez mais necessário por quem terceiriza o transporte de medicamentos.

Afinal, um dos grandes desafios da indústria farmacêutica é o transporte adequado de vacinas, biomedicamentos e outros produtos que necessitam de controle de temperatura. Por isso, a cadeia fria assegura a manutenção da qualidade do produto com temperatura controlada para que seu princípio ativo e produto final não sofram alterações, comprometendo, posteriormente, a efetividade do fármaco, bem como a eficácia, a estabilidade e as características físico-químicas pertencentes ao mesmo.

A indústria hospitalar está em constante crescimento e é preciso contar com uma logística moderna e eficiente, capaz de possibilitar um crescimento seguro e planejado. Nesse cenário, os processos da logística hospitalar e da armazenagem de medicamentos estão entre as maiores preocupações dos gerentes da área porque os medicamentos podem perder a eficiência terapêutica pelo modo de armazenamento de insumos hospitalares.

Os medicamentos não são mercadorias comuns e demandam cuidados especiais durante as operações logísticas. Além disso, existe uma legislação própria a respeito, tornando esse tipo de providência ainda mais relevante. E num país com variações de temperatura como o Brasil, o transporte de medicamentos com temperatura controlada é um desafio para os laboratórios, operadores logísticos, transportadoras, distribuidoras e, principalmente, para o profissional encarregado do acompanhamento e da qualificação desse processo para toda a cadeia fria.

As indústrias, junto das autoridades regulatórias, precisam garantir as entregas dos produtos sem alterações nas suas propriedades terapêuticas, o que envolve o setor de qualidade. E o armazenamento de medicamentos biológicos deve ser feito em local climatizado e apropriado conforme as especificações do controle de temperatura dos próprios produtos.

A RV Ímola assegura a manutenção da temperatura preconizada pelo fabricante e descrita no rótulo do produto, o que envolve um galpão com monitoramento de temperatura e dispositivos de controle, além de geradores próprios:

  • Refrigerado: Entre +2°C e +8°C

E como falamos aqui, o ramo empreende cada vez mais pesquisas para que o transporte e acondicionamento de medicamentos com controle minucioso de temperatura seja o mais certeiro possível. E, graças ao comprometimento com a qualidade no armazenamento e distribuição de medicamentos, a RV Ímola foi eleita a melhor empresa na categoria Soluções para Cadeia Fria e recebeu menção honrosa em Armazenagem pelo Prêmio Sindusfarma de Qualidade 2018 que aconteceu em São Paulo.

A RV Ímola é uma empresa de logística, que realiza a armazenagem e o transporte de medicamentos refrigerados sempre considerando as regras da Anvisa e com planejamento estratégico para instituições públicas e privadas.

Conheça mais dos nossos serviços! Entre em contato com nossos consultores e acesse também a nossa página do Linkedin para mais informações.

Voltar