Como a tecnologia pode ajudar no controle de qualidade da indústria farmacêutica. - RV ÍMOLA

Blog

Como a tecnologia pode ajudar no controle de qualidade da indústria farmacêutica.

RV Ímola 28/07/2022
0 Comentários

O investimento em inovações tecnológicas para toda a cadeia de produção e distribuição de fármacos garante a eficácia no consumo.

 

A tecnologia sempre foi parte inerente da indústria farmacêutica. Afinal, foi por meio de diversas inovações de manipulação química e descobertas que fármacos ganharam abrangência e eficácia com menos efeitos colaterais. Por que então não aplicar essa tecnologia para o monitoramento, transporte e armazenamento de medicamentos?

 

Com produtos tão delicados, especialmente os termolábeis, criar uma rede de apoio e controle é fundamental para garantir que essa tecnologia de anos de pesquisa seja preservada até chegar ao consumidor final. 

 

Em cada etapa do processo, desde a produção do medicamento, existem diferentes formas que ferramentas e automações podem assegurar a qualidade e segurança do medicamento.

Como a tecnologia pode ser aplicada em cada etapa?

  • Produção de fármacos

Com a biotecnologia, por exemplo, as alternativas químicas e mecânicas estão sendo substituídas e criando uma evolução considerável no mercado, em que biofármacos e biossensores causam um efeito maior no corpo humano e apresentam menos reações adversas, além de poderem combinar elementos biológicos e estruturas mecânicas, oferecendo resultados mais exatos.

 

  • Gestão de qualidade na logística 

Com a tecnologia de inteligência artificial e computação, empresas podem investir na gestão logística com dados automatizados e diminuir custos desnecessários, além de otimizar procedimentos. Aqui na RV Ímola, por exemplo, temos uma central de gerenciamento de risco própria que preserva a segurança das cargas que são armazenadas e transportadas por nós. 

 

Além de investir em treinamento e qualificação para nossa equipe saber usar a tecnologia, temos sistemas de monitoramento de temperatura para garantir a qualidade dos produtos e ferramentas de GPRS e GSM que mitigam riscos, previnem perdas e promovem agilidade nas tomadas de decisão.


  • Gestão de transporte de medicamentos 

O transporte de qualquer produto pode ser cheio de pontos de risco, por isso uma ferramenta confiável é essencial para manter a qualidade dos produtos em rota. Para isso, existem softwares de rastreamento, aparelhos de controle de temperatura e sistemas que nos permitem estar sempre em acordo com as normas definidas pela ANVISA durante todo o caminho.

 

Na RV Ímola, investimos em antecâmaras na armazenagem para garantir que, até mesmo durante a abertura das portas, os níveis de temperaturas sejam rigorosamente mantidos. Além disso, nosso software conversa com outros sistemas, permitindo que as informações de estoque dos clientes estejam sempre atualizadas. 

  • Qualidade de armazenamento dos medicamentos

Para muitos medicamentos termolábeis, ter um sistema de conservação, manuseio e transporte de produtos com temperatura controlada é imprescindível. O que chamamos de cadeia fria é outro grande exemplo do uso de tecnologia para melhoria de processos na jornada dos medicamentos até o consumidor final. 

 

Com o objetivo de evitar o comprometimento do efeito do remédio, sistemas de gerenciamento de armazém como o CLIF, que usamos na RV Ímola, são importantes para manter o controle de todos os aspectos necessários que cada tipo de medicamento exige. 

 

Isso significa, até mesmo, investir em outros tipos de estruturas como o armazém vertical LOGIMAT que temos aqui. De maneira eficiente, ele permite um ganho de 90% no espaço utilizado e ganhos na locomoção sem comprometer em nada a qualidade do produto.

 

Tendo em vista todos os exemplos dados, já dá para notar como a tecnologia pode auxiliar a indústria farmacêutica muito além de produzir medicamentos. Todo o processo pode ser tornar ainda mais otimizado e assegurar que os pacientes tenham o melhor produto em mãos. 

 

Por isso, na RV Ímola, estamos sempre em busca de nos manter inovadores, trazendo ferramentas que melhorem ainda mais os serviços oferecidos e garantir a qualidade na entrega com menos burocracias e riscos de perdas e gastos desnecessários.

 

Por Adriana Oliveira.

Os comentários estão fechados.

Voltar