Desafios que a RV está superando para aperfeiçoar a logística de distribuição de medicamentos - RV ÍMOLA

Blog

Desafios que a RV está superando para aperfeiçoar a logística de distribuição de medicamentos

RV Ímola 15/02/2022
262 Comentários

Levar medicamentos e vacinas às farmácias hospitalares e consumidores finais com qualidade e segurança pelas estradas do Brasil, sem dúvidas, é uma missão desafiadora e que exige muita responsabilidade e cuidado. 

 

Desafios que a RV está superando para aperfeiçoar a logística de distribuição de medicamentosQuais são os desafios da distribuição de medicamentos?

 

Além da grande extensão territorial do nosso país conforme citado anteriormente, outro desafio que envolve o transporte de medicamentos é que se deve ter total atenção durante o armazenamento dos produtos hospitalares, para sempre seguir as normas e orientações estipuladas pelos órgãos responsáveis, e ter uma gestão de estoque eficiente.

 

Para que esta atividade funcione de maneira excelente, uma operadora logística como a RV Ímola, precisa de uma equipe altamente treinada e alinhada com o manual de boas práticas de transporte de medicamentos da ANVISA.

 

Deste modo, com todos da equipe cientes de como manusear a carga especial e também sobre quais atitudes não tomar para que não coloque em risco as substâncias, como por exemplo, a abertura desnecessária das portas dos caminhões refrigerados, a empresa também precisa estar atenta aos seguintes critérios:

 

  • Documentação dos medicamentos;
  • Estado das embalagens;
  • Higienização e sanitização do local de armazenamento;
  • Temperatura, umidade e luminosidade dentro do veículo;
  • Mapeamento da rota;
  • Tecnologia de rastreabilidade e monitoramento. 

 

Como superar esses desafios?

 

Aqui na RV por exemplo, investimos constantemente em tecnologia e inovação para driblarmos qualquer tipo de obstáculo que possa surgir em nosso caminho. 

Temos softwares de última geração que nos permitem um monitoramento em tempo real de tudo que está acontecendo dentro de cada processo logístico.

Outro item super importante e que faz parte da nossa estrutura são as cadeias frias, que possibilitam conservarmos os medicamentos termolábeis na temperatura ideal para manterem suas propriedades químicas e biológicas.

 

Portanto, para que todas as etapas logísticas que envolvem a gestão de medicamentos, como por exemplo, manuseio, armazenagem e transporte sejam realizadas de forma satisfatória, é preciso tentar ao máximo se prevenir para evitar prejuízos e investir em ferramentas que ajudem a otimizar os processos e ao mesmo tempo, que permitam o monitoramento constante destes. 

 

 

 

 

 

Por: Bruno Vilela

Voltar