Fatores extrínsecos que impactam diretamente a estabilidade dos medicamentos - RV ÍMOLA

Blog

Fatores extrínsecos que impactam diretamente a estabilidade dos medicamentos

RV Ímola 24/03/2022
173 Comentários

Quando falamos de agentes que podem influenciar na qualidade e eficácia dos fármacos, devemos ter muito cuidado com os fatores extrínsecos, ou seja, fatores relacionados às condições do ambiente de armazenamento e transporte desses medicamentos. 

 

Fatores extrínsecos que impactam diretamente a estabilidade dos medicamentosPor serem altamente sensíveis, esse tipo de produto demanda condições excepcionais desde em seu manuseio até na sua distribuição e qualquer variação ou atividade fora do padrão estabelecido pelo fabricante pode levar a perda de todo o material.  

 

Sendo assim, confira abaixo alguns fatores extrínsecos que precisam de controle e monitoramento constante no que diz respeito à logística de medicamentos: 

 

Temperatura: as substâncias devem ser armazenadas na temperatura estabelecida pela indústria farmacêutica responsável e, nos casos de produtos termolábeis como vacinas, em níveis que variam de baixo à negativos como de 2ºC a 8ºC e, em algumas circunstâncias, até mesmo -20º. 

 

Umidade: se o local estiver com a presença de umidade, pode ser um desencadeador de fungos e bactérias que afetam a estabilidade dos medicamentos causando alterações químicas e também acabar por prejudicar alguns produtos que podem sofrer alterações por conta desse ambiente úmido.

 

Luminosidade: não é recomendado que raios solares estejam em contato direto com os fármacos para não provocar reações químicas, portanto, o ideal é luz natural moderada ou artificial fluorescente e em dependendo do caso o recomendado é que não tenha nenhuma luz diretamente sobre aqueles produtos específicos. 

 

Manuseio: deve-se ter muito cuidado no manuseio dos produtos para que as embalagens primárias não sejam danificadas. 

 

Ventilação: o ideal é ter ambiente com temperatura controlada e com o mínimo de interface com o lado externo para garantir um melhor controle de qualidade com o estoque.

 

Aqui na RV Ímola, controlamos fatores extrínsecos investindo em tecnologia que nos permite fiscalizar em tempo real todos os processos, desde a entrada dos medicamentos em estoque, com seus devidos registros, até a retirada dos itens para os caminhões fazerem o deslocamento aos destinos finais.

 

Além disso, prezamos por toda a higiene do local de armazenamento, investimos em um modelo de estoque na vertical que garante economia de espaço e melhor organização dos produtos e contamos com sistema de Cadeia Fria com temperatura ideal para armazenar fármacos especiais. 

 

E nem só o estoque está devidamente equipado. Contamos com uma frota refrigerada para atender a demanda dos termolábeis e realizamos frequentes treinamentos de equipe para que todos os envolvidos saibam executar as etapas com agilidade e, acima de tudo, segurança. 

 

Portanto, é de extrema importância que uma operadora logística do segmento saúde esteja sempre atenta aos fatores que podem vir a impactar na qualidade dos seus serviços e se prevenir contra possíveis falhas. 

 

Por: Adriana Oliveira. 

 

Voltar