“Nossos destinos foram traçados na mater... qualidade” - RV ÍMOLA

Minuto com a Qualidade

“Nossos destinos foram traçados na mater… qualidade”

RV Ímola 02/06/2023
272 Comentários

E chegou ao fim o mês de maio…. mais conhecido como o mês das noivas, e aí? Eu vou me casar, e agora?

O casamento, além de ser uma cerimônia linda que reúne o que há de mais belo no mundo, que é o amor entre duas pessoas, também é um compromisso diante da sociedade e da lei, consequentemente envolve documentações oficializando o matrimônio.

A documentação é algo importante para os noivos conseguirem dividir seus planos futuros e passam a ser os novos documentos utilizados na união, como a certidão de casamento.

Assim como essas documentações que passam a ser vigentes a partir da data e da assinatura, as documentações utilizadas na nossa operação também usam da mesma lógica e são muito importantes, por isso sempre temos que nos atentar ao preenchimento correto no momento em que executamos o processo…

Rasuras? Nem pensar!

Canetas de cores coloridas? Por mais bonito que fique, não passa a seriedade que deve ter um documento, então somente caneta preta e azul.

Lápis? Você imaginou escrever uma carta de amor para seu noivo (a) em lápis e alguém ir lá e apagar ou mudar? Pode levar seu casamento para o fracasso, então nada de lápis nas cartas de amor e nem para os nossos documentos!

Errei algo, socorro, o que eu faço? Na hora de preencher um documento, pode acontecer de haver algum erro, mas calma, não se apavore! Há sempre uma maneira! Nada de branquinhos, rasuras e aqueles borrões em cima do escrito errado, você sempre pode anular o campo com um traço, escrever a informação correta, datar e assinar, afinal, errar é humano, só não pode errar na hora de falar o nome da pessoa que você está casando, hein?

A utilização de canetas coloridas, lápis ou rasuras invalidam um documento que é tão sério quanto uma certidão de casamento, então é sempre válido se atentar no preenchimento de tudo no momento que a atividade está sendo realizada, de maneira clara e correta, caneta azul ou preta e sempre organizado.

Então vamos seguir essas dicas para poder ter documentos válidos e também dizer “sim” para as boas práticas de documentação!

Por: Tamires Baco – Farmacêutica

 

Voltar