Transporte de medicamentos: Checklist de avaliação do motorista - RV ÍMOLA

Blog

Transporte de medicamentos: Checklist de avaliação do motorista

RV Ímola 09/03/2023
160 Comentários

O transporte de medicamentos conta com um personagem principal que faz total diferença na saúde do negócio: o motorista. Poder contar com o profissional certo para o deslocamento das medicações é primordial para a segurança de todo o processo, e hoje separamos 5 aspectos que não podem faltar no checklist da avaliação desse colaborador.

Transporte de insumos hospitalares

 

Como funciona a avaliação do motorista?

O objetivo da avaliação é calcular o quanto o motorista das cargas contribui para a rotina da transportadora. Através desse cálculo, dá para transmitir feedbacks positivos ou negativos, o que auxilia no desenvolvimento profissional do motorista e na assertividade do serviço.

 

Na avaliação, o desempenho do motorista é analisado em relação às práticas recomendadas e defendidas pela transportadora. Quando identificamos o que está indo bem e o que precisa melhorar, dá para ter uma visão macro dos elementos que são importantes para o crescimento da transportadora, como:

 

-Diminuição de gastos com multas de trânsito;

-Redução do consumo de combustível;

-Ajuste dos prazos de entrega;

-Aumento da vida útil dos veículos;

-Redução das manutenções corretivas;

-Maior controle da jornada de trabalho dos motoristas;

-Redução das ocorrências por acidentes.

 

Como preparar a avaliação do motorista?

Para que a análise seja precisa, o foco deve estar nos seguintes pontos:

 

Avaliar o nível de condução defensiva do motorista, o que revela como é a sua capacitação e conduta diante do volante. Sistemas de monitoramento acompanham o trajeto em tempo real e ajudam a calcular o grau de performance do colaborador para evitar acidentes.

 

Examinar as condições do veículo, que devem ser apropriadas para o transporte. Esse controle pode ser feito até mesmo por sistemas de checklists de veículos, onde o motorista pode preencher as informações solicitadas.

 

Monitorar o cumprimento de prazos, visto que problemas nesse âmbito podem indicar falhas na rota, problemas de trânsito ou a falta de comprometimento do condutor.

 

Quais são os 5 aspectos que não podem faltar no checklist ideal?

Seguir um checklist é uma forma de organizar essa verificação importante para o êxito da transportadora de medicamentos, levando em conta as habilidades técnicas e comportamentais do motorista, e se elas estão alinhadas à qualidade esperada. Separamos 5 aspectos que não podem faltar:

 

  • Pontualidade
  • Histórico de bom comportamento no trânsito
  • Capacidade de realizar uma manutenção básica no veículo
  • Capacidade de gerenciar riscos
  • Proatividade

 

Ter atenção total com a qualidade é uma das peças-chave do sucesso de uma empresa de logística que atua com comprometimento no mercado. A RV Ímola, por exemplo, busca o aprimoramento contínuo para garantir a oferta de um serviço acima da média. Nosso foco está em uma maior eficiência dos processos, servindo de forma proativa, sustentável e, ainda, acrescentando valor ao seu negócio.

 

Quer conversar melhor? Entre em contato com nossa equipe!

 

 

 

 

 

 

Por: Bruno Vilela

Voltar