Transporte de medicamentos termolábeis vai crescer nos próximos anos - RV ÍMOLA

Blog

Transporte de medicamentos termolábeis vai crescer nos próximos anos

RV Ímola 15/06/2023
160 Comentários

Planejamento, monitoramento e controle dos elos da cadeia. Essas são as três premissas para um bom transporte de medicamentos termolábeis.

 

Especialmente quando o assunto é medicamentos termolábeis, ou seja, fármacos que devem ser mantidos em temperaturas controladas entre dois e oito graus para manter sua eficácia e qualidade intactas. 

 

São estes produtos biológicos de cadeia fria que são o destaque do mercado. Segundo a última edição do Pharma World Preview, o crescimento previsto da indústria farmacéutica será em torno de 6% ao ano até 2028, o que nos mostra como é importante investir nos pilares que falamos para as empresas se tornarem mais competitivas. 

 

Planejamento

Quando se pensa em planejar, é importante entender todo o processo. A RV Ímola, por ser uma empresa de logística hospitalar, se responsabiliza pelo medicamento e suas condições desde chega no armazém até alcançar o cliente final, passando pelo transporte de medicamentos correto e controlado. Afinal, cada etapa precisa cumprir uma série de requisitos da ANVISA e dos fabricantes, assim como ter sistemas anti-incêndio, gerenciamento de risco no transporte, apólices de seguro, farmacêuticos acompanhando a qualidade do serviço e infraestrutura de cross docking.

 

Monitoramento

Por meio de sensores, câmeras e meios de transporte adequados, e rastreamento, termolábeis podem ser verdadeiramente monitorados para manterem suas propriedades intactas independente da temperatura, umidade ou ventilação dos ambientes. Além disso, o próprio acondicionamento dos medicamentos é fundamental para o cuidado com esses índices. Investir em tecnologias como o Logimat trouxe para os clientes da RV Ímola muitos benefícios como a redução de até 70% de espaço nos trajetos percorridos para picking e armazenamento, além de eliminar erros.

 

Controle dos elos

Para medicamentos tão sensíveis, o controle é fundamental para garantir que não haja alterações no produto. Sendo a maior distribuidora de medicamentos no país, a RV Ímola não só tem um sistema inteligente de rotas para controlar qualquer desvio de trajeto ou condição, mas também tem o sistema WMS próprio chamado CLIF. Dessa forma, conseguimos fazer o controle de estoque e logística, incluindo recebimento, conferência, separação por lote, armazenagem e dispensação de medicamentos. Tudo isso sincronizado ao sistema do cliente. 

 

Não adianta ignorar o crescimento dessa indústria. É preciso entender o que fazer para melhorar processos e assegurar que cada etapa seja controlada. Sem avarias, perdas ou danos, uma transportadora de medicamentos inteligente faz questão de se manter atualizada nas tecnologias que podem ajudá-la a garantir o melhor custo-benefício para seus clientes e protege aquilo que realmente importa: vidas. 

Acesse nosso blog e nossas redes sociais para saber mais: FacebookInstagram e Linkedin

 

 

 

 


Por Roberto Vilela

Voltar