Transporte de medicamentos: cuidados essenciais - RV ÍMOLA

Blog

Transporte de medicamentos: cuidados essenciais

RV Ímola 29/10/2019
160 Comentários

Transporte de medicamentos é diferente de transportar produtos comuns.

Os remédios possuem componentes que sofrem influência de fatores como umidade, temperatura e iluminação. Por este motivo, os cuidados com o transporte de medicamentos devem ser redobrados na hora de fazer o manuseio ou a gestão dos insumos hospitalares.

transporte-de-medicamentos-seguranca-e-cuidados-essenciaisA melhor maneira de garantir que pacientes e consumidores em geral tenham acesso a um tratamento de qualidade é zelando pelo transporte de medicamentos. Isso inclui, por exemplo, seguir as diretrizes determinadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária e ter um processo eficaz de cadeia fria.

A Anvisa criou um manual para orientar as empresas de logística sobre as melhores práticas de armazenamento, acondicionamento, movimentação e distribuição. Confira abaixo alguns cuidados necessários para garantir o correto transporte de medicamentos e entenda por que as soluções em logística são tão relevantes para o gerenciamento de risco no setor de saúde.

  • Gestão do estoque e transporte refrigerado: durante a etapa do transporte de medicamentos, a empresa de logística deve ter uma estrutura que garanta a sua conservação, de acordo com as instruções do fabricante. O cuidado com o controle de estoque é essencial para que vacinas e remédios não percam suas propriedades terapêuticas e prejudiquem o tratamento dos pacientes.
  • Profissional farmacêutico: a Anvisa exige a presença de um farmacêutico no transporte de medicamentos. Esse profissional é responsável por checar se as normas da vigilância sanitária estão sendo cumpridas, bem como identificar as necessidades de cada produto, o acondicionamento adequado dentro do veículo, a limpeza dos ambientes e as regras para o recebimento das cargas. A gestão dos medicamentos também precisa levar em conta o cuidado para que os remédios não entrem com contato com produtos tóxicos.
  • Cuidados com as embalagens: para evitar avarias, contaminação e outros problemas com os medicamentos, o ideal é que as caixas tenham tamanho adequado. Como o veículo de transporte refrigerado enfrentará grande movimentação, as embalagens precisam estar bem fechadas e identificadas. Produtos mais sensíveis precisam estar dentro de caixas de isopor para que a temperatura seja preservada.
  • Planejamento de rotas: como no Brasil as estradas são extensas e nem sempre possuem a infraestrutura adequada, as empresas de logística precisam planejar as rotas de forma estratégica para o transporte de medicamentos. Isso engloba pensar em rotas mais curtas, evitar horários de congestionamento e escolher rodovias com mais segurança para reduzir casos de roubo ou assaltos. A urgência na entrega dos medicamentos também interfere na escolha da rota pelas transportadoras.
  • Rastreamento das cargas: as soluções em logística mais modernas do mercado incluem o monitoramento do transporte de medicamentos para garantir o sucesso das operações. Ao monitorar o status de cada entrega, é essencial seguir com um gerenciamento de risco a fim de garantir mais segurança durante o percurso. Esse cuidado também é importante porque ajuda a empresa de logística a tomar medidas rápidas caso ocorra algum incidente, falha mecânica do veículo ou ocorrência de roubos.
  • eículos adequados e bem equipados: já falamos em outro artigo sobre a relevância do sistema de cadeia fria. Por isso, a utilização de veículos adaptados para o transporte refrigerado tem tanta importância para o ramo da saúde. Sem esse recurso, a chance de prejuízos ou perda da validade de medicamentos são grandes.

Agora que você já conhece os cuidados necessários no transporte de medicamentos, saiba mais sobre o trabalho da RV Ímola. Reconhecida por oferecer as melhores soluções em logística para o ramo da saúde, a empresa conta com tecnologia avançada e diferenciais como: consultoria em logística, consultoria em Supply Chain, Automação Logística (Logimat), Sistema de Gestão Logística (CLIF), Controle de temperatura (SensorWeb).

Clique aqui e siga nossa página no LinkedIn.

Para mais notícias, acesse aqui.

Voltar